Dicas de Sáude - O papel das gorduras em nossa dieta

Dicas de Sáude - O papel das gorduras em nossa dieta

O papel das gorduras em nossa dieta

No consultório sempre escuto essa pergunta. É melhor fritar no azeite ou na manteiga? E sempre respondo que é melhor não fritar.

Para entendermos melhor a minha resposta, vamos conhecer as gorduras ou lipídios com também são conhecidas. Na dieta são divididas em três tipos, as gorduras saturadas, insaturadas e trans.

As gorduras saturadas devem representar no máximo 7% do total energético proveniente da dieta.  As principais fontes são carne vermelha, manteiga, leite, creme de leite, polpa de coco e óleo de coco. Estudos mostram que o consumo excessivo está relacionado às doenças cardiovasculares, redução do HDL (colesterol bom) e elevação do LDL (colesterol ruim).

As gorduras trans são formadas durante o processo de hidrogenação dos óleos vegetais.  São responsáveis por dar mais sabor aos alimentos. Estão comumente presentes em alimentos industrializados que levam em sua formulação a gordura vegetal hidrogenada como biscoitos recheados, salgadinhos, margarinas, torta. O seu consumo também está relacionado ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, resistência insulínica, obesidade, diabetes mellitus entre outros. Não há consenso quanto do seu consumo é seguro, no entanto, recomenda-se que a ingestão deve ser menor que 1% das calorias totais da dieta.  Então vale a regra quanto menos melhor!

Já as gorduras insaturadas se subdividem em gorduras poliinsaturadas e são conhecidas como gorduras do bem.

As gorduras poliinsaturadas: são representados série ômega 6 e ômega 3.

  • Ômega 6: Presente nos óleos vegetais de soja, milho e girassol. A substituição dos ácidos graxos saturados por este grupo reduz o colesterol total e o LDL. Contudo quando utilizados em grande quantidade pode diminuir o HDL.
  • Ômega 3: são encontrados nos óleos vegetais de soja, canola e linhaça e em peixes de água frias (sardinha, salmão, cavala, arenque). Auxiliam na redução dos triglicérides plasmáticos.

As gorduras monoinsaturadas (ômega 9): tem como principais fontes dietéticas o óleo de oliva, óleo de canola, azeitona, abacate e oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoa, amendoim). Também auxiliam na redução do colesterol total.

Como acabamos de verificar as gorduras possuem o seu lado benéfico em nossa saúde. São essenciais para o bom funcionamento do organismo como fornecimento de energia, transporte de vitaminas e formação de hormônios.

Mas o que devemos ter como regra quando se diz respeito às gorduras é “gordura boa é aquela que usamos com moderação”. Portanto não frite! Prefira preparações grelhadas, cozidas ou assadas.

 

Referência bibliográfica: www.anvisa.com.br

V Diretriz Brasileira de Dislipidemia e Prevenção de Aterosclerose

 

Dra. Patricia Cruz (Nutricionista)

CRN 3.8747

Voltar à vista geral